quinta-feira, 12 de novembro de 2015

[Resenha] Trilogia Legend #1: Legend

Título: Legend

Autor: Marie Lu 

Editora: Rocco

ISBN: 9788579802058

Número de páginas: 256


Sinopse: Considerada pelo público e pela crítica internacional uma das melhores sagas de distopia já publicadas, a trilogia Legend, da chinesa radicada nos EUA Marie Lu, conquistou leitores de diversas partes do mundo. Ambientada na República, nação instalada numa região outrora conhecida como costa oeste dos Estados Unidos e que vive em guerra contra as Colônias, a série acompanha o romance improvável entre dois jovens de origens distintas numa realidade opressora. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, os dois não têm motivos para se cruzarem, até que o irmão de June é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Presos num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos, numa trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.

Defina o livro com uma frase: “[...] cada dia significa novas vinte e quatro horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro [...] E aí você tenta caminhar sob a luz.”

Primeiramente a diagramação desse livro me surpreendeu e me decepcionou ao mesmo tempo. Fiquei surpresa pois o livro, que aparentava ser pequeno e simples, na verdade é bem denso e com uma diagramação muito especial, com detalhes em cada uma das páginas. Porém um ponto negativo foi a qualidade da edição, a capa começou a descolar da lombada, o que também aconteceu com uma série de leitores e honestamente me decepcionou um pouco, ainda mais por se tratar de um livro da Editora Rocco.

A narrativa é feita em primeira pessoa, sendo intercalada entre os protagonistas June e Day. A história se passa em 2130 em um cenário pós apocalíptico que é ambientado na República, antigamente conhecida como a costa oeste dos EUA. Após uma série de desastres o governo militar se instala com o intuito de restaurar a ordem, porém existem pessoas que não concordam com esse governo, que constituem as Colônias, e vivem em uma constante guerra com a República.

Neste universo distópico, todas as crianças com 10 anos são obrigadas a passar por uma série de testes, tanto físicos quanto teóricos, aplicados pelos militares. Essa prova define o futuro da criança e quem não obtiver uma nota mínima será mandado, em teoria, aos campos de trabalho da República e nunca mais verá sua família.

June Iparis nasceu em uma família da alta sociedade da República e obteve nota máxima na prova, sendo a garota prodígio da República que com apenas 15 anos já estuda na melhor Universidade da República, a Drake. Apesar de ser uma prodígio, June é uma garota corajosa que não é conhecida por respeitar as regras, o que sempre acaba a metendo em problemas. 

Day é um adolecente de 15 nascido e criado em um dos setores pobres da República, o Lake. Ele é o criminoso mais procurado na República, apesar de ninguém saber sua aparência ao certo. Day possui um forte senso de justiça e procura expor a República pelo o que ela realmente é.

“A Repúlica não tem idéia da minha aparência. Parece que eles não sabem nada sobre mim [...] É por isso que me odeiam, porque não sou o criminoso mais perigoso do país, e sim o mais procurado. Eu faço com que eles pareçam ineficientes, pois não conseguem me capturar.” (Pág 11)

O mundo dos dois protagonistas se cruza no momento em que Day, após tentar roubar remédios no hospital para ajudar a sua família, “mata” o irmão mais velho de June, Metias. June fica encarregada de se infiltrar no setor Lake e encontrar Day, para leva-lo à justiça.

“Vou perseguir você até o inferno. Vou vasculhar as ruas de Los Angeles à sua procura. Se preciso, vou procurar em todas as ruas da República. Vou enganar você, usar truques, mentir, fraudar, roubar para encontrar você, atraí-lo para que saia do seu esconderijo, e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir. Estou fazendo um juramento: sua vida é minha.” (Pág 45)

Porém conforme ela passa mais tempo no Lake ela vai abrindo os olhos para a realidade. Day mostra um lado da República que June não conhecia e a faz enxergar que existe muito mais sujeira debaixo do tapete.

“É possível que você e eu tenhamos um mesmo inimigo. E ele tenha nos colocado um contra o outro.” (Pág 193)

Apesar de se tratar de uma distopia, tema que esta sendo muito abordado ultimamente, este livro não é igual aos seus antecessores. Marie Lu conseguiu criar um universo muito original que te prende desde a primeira página. A leitura é recheada de ação, o que a torna rápida, fazendo com que você se envolva cada vez mais com o enredo. A descrição dos cenários e personagens também é incrível, todos eles são cativantes, independentemente de serem os protagonistas ou personagens secundários, que por sinal apresentam um aprofundamento magnífico, não sendo esquecidos ao decorrer da trama.

Por se tratar de uma distopia, existem alguns temas que já podem ser esperados como: uma minoria privilegiada que possui o poder e oprime a maior parte da população que é menos favorecida, guerras entre a metrópole e sua colônia. Como visto em outras obras como “Jogos Vorazes” e “Divergente”, Legend apresenta um teste crítico na vida da população que servirá para definir o seu futuro. Também há uma pitada de romance que não interfere no ponto principal do livro que é a opressão dos menos afortunados.

“[...] nada de bom pode resultar se você se apaixonar por alguém nas ruas. Essa é a pior fraqueza que se pode ter, assim como ter uma família presa numa zona de quarentena ou uma órfã de rua precisando de você.”

Recomendo esse livro para pessoas que, assim como eu, são fãs de distopias, as descobertas feitas irão te surpreender fazendo com que seja praticamente impossível não querer começar o segundo volume da trilogia, Prodigy.

36 comentários:

  1. Olá!
    Sou apaixonada pela trilogia Legend <3 Acho a trama incrível e os personagens maravilhosos! A escrita da Marie Lu é fantástica! Fico feliz que tenha gostado do livro e espero que goste dos próximos!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Nathália, tudo bem?
      A forma que a autora descreve os acontecimentos é impecável, impossível não amar *-*
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Isa!
    Li Legend e AMEI! Estou enrolando para ler os outros dois porque não quero que acabe :(
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, tudo bem?
      Estou na mesma situação rsrs
      Beijos

      Excluir
  3. Essa coleção nunca me chamou a atenção. Estou um pouco cansado dessas sagas. Pior que vejo um monte de gente falando bem dele hahahaha
    Eu devia conferir né?!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Camila. tudo bem?
      Você realmente deveria dar uma chance! Quando comecei a ler Legend achava que seria mais um Jogos Vorazes da vida, mas me surpreendi!
      Beijos

      Excluir
  4. Li muitas resenhas positivas sobre ele, porém não fiquei muito a fim dele ler.
    Gostei da resenha, só desanima para mim porque é uma trilogia, e antes quero terminar de ler as que estão atrasadas aqui.
    Beijos.
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Dany, tudo bem?
      Obrigada! Sei bem como é, sempre acabo passando alguns livros na frente da minha lista de leituras.. Assim que você tiver um tempo dê uma chance a essa trilogia, garanto que você não irá se decepcionar
      Beijos

      Excluir
  5. Oiii, tudo bem??? Amei sua resenha. Já tinha vontade de ler, agora tenho mais ainda =D Na verdade já tenho esse livro, mas quem disse que surgiu tempo para ler? ;P
    Mas agora preciso, hahahha. Amo distopias e acho que vou curtir muito essa também. Os quotes que você selecionou são ótimos :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Gih, tudo e com você?
      Obrigada! *-*
      Estou na mesma situação, mas como ele é curtinho dá pra ler rápido! Hahahah
      Também amo! Adoro ver como as pessoas reagem em cenários com essa temática :)
      Beijos~

      Excluir
  6. oi isa!
    como vc está?
    Li muitas resenhas positivas sobre ele, porém não tive muito tempo para ler.
    Gostei da resenha, só desanima para mim porque quero terminar de ler as que estão atrasadas aqui rsrsrsrs.
    Beijos.
    http://www.conversandocomolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Wallace, tudo bem e com você?
      Obrigada! Espero que você possa dar uma chance a essa trilogia! O livro é cheio de ação e relativamente pequeno, o que torna a leitura bem rápida! hahahah
      Beijos

      Excluir
  7. Olá Isa
    Tudo bom?
    Já conhecia o livro, mas não havia lido nenhuma resenha ainda.
    Apesar da ótima premissa, esses livros não me chamam tanto a atenção.
    As historias são muito triste e reais e eu tento evitar não por que seja ruim o enrendo, e mas pelo fato
    de que a maioria das vezes leio livro para viajar e me deparar com coisas diferentes.
    mas talvez eu leia!
    Adorei a resenha, bem explicadinha *-*
    estou seguindo.
    Beijinhos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo sim e com você? :)
      Livros com essa temática normalmente são um pouco pesados mesmo... Apesar disso espero que você dê uma chance a essa trilogia!
      Obrigada *-*
      Beijos

      Excluir
  8. Olá!
    Já vi muitos comentários positivos sobre o livro e cia. Ando bem animada em ler distopias, então é uma obra que está na minha listinha. Sobre a diagramação, isso geralmente ocorre nos livros da Rocco, ao menos nos que já comprei. Geralmente o trabalho é lindo e tudo mais, mas é MUITO frágil! Dá dó de abrir o livro pra ler, tanto que já deixei de emprestar um livro com medo dele se espatifar, haha. Ah! outra coisa que me faz ter interessem em Legend é o fato do desenvolvimento dos personagens secundários, pois assim como você acho que eles não podem ser esquecidos na história, eles são importantes também!

    Enfim, estou seguindo seu bloguito e lhe convido a conhecer o meu também, geralmente falo muito de livros lá, enfim, será muito bem-vinda <3

    Blog Entretanto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jul, tudo bem?
      Fiquei chateada com a fragilidade da capa, tenho outros livros da editora mas essa foi a primeira vez que isso aconteceu...
      Nem me fale em emprestar livros! Sou SUPER ciumenta com os meus, tenho o maior cuidado!
      Sim! Acho horrível quando apenas introduzem um personagem e ele fica jogado na história..
      Obriagada! *-* Não vou deixar de conferir!
      Beijos~

      Excluir
  9. Oi, Isa!
    Eu estava mesmo procurando uma boa indicação de distopias. Sua resenha me deixou muito instigada para ler esse livro, estou curiosa!
    Seguindo aqui, beijinhos ♥
    Borboletas de papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Aline, tudo bem?
      Obrigada! *-* Que bom que você gostou e vai ler!
      Garanto que você não irá se arrepender :)
      Beijos

      Excluir
  10. Ainda não li esse livro, mas queria muuito! Agora que os distopicos deram uma sumida a gente sente falta né :( hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "A Espada do Verão", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo bem?
      Super recomendo! Realmente eles estavam super em alta e agora sumiram... :/
      Beijos

      Excluir
  11. Olá! Tudo bem?
    Eu amo distopias e não vejo a hora de ler esse livro. Sempre vejo comentários super positivos sobre ele e sua resenha me deixou ainda mais curiosa!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Bárbara, tudo e com você?
      Que bom que você gostou e se interessou pelo livro! :)
      Beijos

      Excluir
  12. Sou muito fã de distopias, terminei esta semana a trilogia "O Teste" que tem uma premissa bem parecida com Legend.
    Quero ler esta trilogia ano que vem.
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Alice, tudo bem?
      Estou com essa trilogia para ler a algum tempo mas acabei começando por Legend rsrs
      Beijos

      Excluir
  13. Oie, tudo bem ???
    Eu tenho que confessar que possuo uma relação de amor e ódio com as distopias. Acho o gênero como um todo muito legal, maravilhoso por sinal, mas com a nova onda de distopias, com tantos autores escrevendo e escrevendo distopias, eu percebo que as histórias estão ficando bem repetitivas e isso me deixa decepcionada.
    Gostei de saber que Legend foge daquele padrão que estamos acostumados a ver nas distopias atuais, me deixou mais animada para a leitura. Agora, é uma pena que a qualidade do livro não seja tão boa. Poxa a Rocco é uma baita editora, uma coisa dessas acaba deixando os leitores desapontados né ?!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ryoko, tudo e com você?
      Realmente essa febre do mesmo tema cansa um pouco, está parecendo a época que só escreviam sobre vampiros e depois anjos/demônios, apesar de amar o tema as histórias acabavam sendo praticamente a mesma coisa... Daqui a pouco volta ao normal rsrsrs
      Sim! Legend tem uma premissa sensacional, mostrando o "outro lado" :)
      Nem me fale! Fiquei super chateada e confesso que estou com um pouco de receio de começar o segundo volume da trilogia :/
      Beijos~

      Excluir
  14. Oi Isa!
    Ainda não li nenhum livro da trilogia, mas eu amo distopias, então preciso ler!!
    Que bom saber que o livro tem bastante ação, adoro livros assim.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sora, tudo bem?
      Livros que têm narrativa arrastada demais cansam muito! Você fica com dó de parar mas não aguenta mais ler! rsrsrs
      Beijos~

      Excluir
  15. Oláá!
    Esse livro parece ser bem legal, mas acho que ele dá uma tremenda ressaca literária, haha.
    Já estou seguindo aqui tbm <3
    beijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo bem?
      Pior que sim! Acho que todo livro dá um certo nível de ressaca literária, mas é ainda pior no caso de livros com sequência rsrsrs
      Obrigada *-*
      Beijos

      Excluir
  16. Olá, tudo bem?
    Acho a capa desse livro linda, mas o enredo é que nunca me cativou muito.
    Não vou dizer que nunca leria, mas no momento não tenho interesse no livro.

    Abraço!
    Tudo Online

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sávio, tudo e com você?
      Toda a edição é muito bonita! Ah que pena saber disso.. Quando essa febre de distopias passar dê uma chance a essa trilogia então :)
      Beijos

      Excluir
  17. Essa é uma trilogia que to querendo a muito tempo, vou ver se compro na BF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Evelyn, tudo bem?
      Vale muito a pena! Nem me fale em BF... Mês que vêm vou chorar quando a fatura chegar hahahahah
      Beijos!

      Excluir
  18. Aaaamo de paixão distopias, inclusive essa já está na minha lista, só preciso de tempo haha! Adorei sua resenha, aliás, sua escrita é objetiva e fluida, gosto assim, sem muito rodeios. Beeijos.

    http://vorazesleitoras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo bem?
      Eu estou com pelo menos mais uns 5 livros de distopias na minha lista! hahahaha
      Obrigada!! *-*
      Beijos~

      Excluir