segunda-feira, 8 de abril de 2019

[Especial] Os 10 Melhores e Piores Livros de 2018


Olá kiriiidos, chegou o momento de finalmente relembrar todos os livros lidos, que no caso nem foram tantos assim, e fazer um balanço geral de quais leituras entraram para o hall dos favoritos e quais desceram descarga abaixo.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

[Resenha?] "O Culto", de Justin Benson e Aaron Moorhead


“O Culto”, dirigido e protagonizado por Justin Benson e Aaron Moorhead (que, para complicar a vida de quem quer escrever sobre o filme deles, batizaram os protagonistas com os próprios nomes), é um filme extremamente eficiente em estabelecer um plot misterioso que fisga o expectador. Infelizmente, alguns exageros narrativos e falta de direção no terceiro ato fazem dele um filme decepcionante, ainda que digno de ser visto.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

[Resenha] Geek Love

“Precisamos dessa calorosa estupidez adulta. Mesmo conhecendo a ilusão, choramos e nos escondemos no colo deles, falando apenas sobre pirulitos que caíram ou ursinhos perdidos, e ter um pirulito ou um ursinho é algo digno de conforto. Nós nos contentamos com isso, em vez de enfrentar sozinhos as profundezas cavernosas do nosso crânio para as quais não há remédio, nem segurança, nem conforto. Sobrevivemos até que, por pura estâmina, escapamos para a sombria inocência da nossa maturidade e seu esquecimento.” (Página 136)


quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

[Resenha?] A Maldição da Residência Hill, por Mike Flanagan


“A Maldição da Residência Hill”, assim como muitas outras obras recentes de terror/horror, é uma série que empurra os limites de seu gênero. Tanto que seria plenamente aceitável defini-la não como uma série de terror, e sim como um drama familiar que usa de elementos abstratos para construir seu argumento de maneira eficiente e instigante. E se as coisas dão uma esfriada do meio para o final, é justamente o drama familiar, e não o terror, que vai prender o expectador e garantir aquela levantada boa no bolso do Sr. Netlflix.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

[Resenha] Princesa das Cinzas #1: Princesa das Cinzas

“Mas ela estava certa, em determinado sentido. Eu era uma princesa feita de cinzas, nada mais resta de mim para queimar. Chegou a hora de a rainha se erguer.” (Página 348)